Viúva de Paulo Henrique Amorim entra em batalha judicial pela herança

Georgia Pinheiro foi casa com Paulo Henrique Amorim durante nove anos (foto: Reprodução/Record)
Georgia Pinheiro foi casa com Paulo Henrique Amorim durante nove anos (foto: Reprodução/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Casada com Paulo Henrique Amorim durante nove anos, Georgia Cardoso Pinheiro tem enfrentado momentos difíceis para ter acesso aos bens deixados pelo jornalista. Ela ainda não conseguiu ter acesso a herança deixada pelo ex-apresentador do Domingo Espetacular, morto aos 76 anos após um infarto. De acordo com a jornalista Fábia Oliveira, do portal iG, a Justiça de São Paulo não autorizou que a viúva vendesse o único imóvel comprado pelo casal, apesar da filha do comunicador ter cedido todos os direitos do imóvel de forma amigável.

O apartamento em questão tem 407 metros quadrados e está localizado em Higienópolis, bairro nobre da zona Oeste de São Paulo. Georgia ainda vive no local, mas afirmou ao judiciário que precisa vender o imóvel por não ter condições financeiras de administrar o bem. No dia 15 de abril, ela foi até a Justiça para solicitar um alvará que garantiria a liberação de 50% do valor da herança justamente para conseguir fazer a manutenção do local. Ela, inclusive, se comprometeu a depositar os outros 50% em juízo para a quitação de eventuais débitos.

No entanto, a juíza Claudia Caputo Bevilacqua Vilela recusou o pedido da viúva e decidiu que a liberação só será feita após a partilha dos bens do jornalista ser homologada. Apesar de não haver nenhum impedimento legal para garantir os direitos de Georgia, já que Paulo Henrique Amorim deixou um testamento em vida, o problema gira em torno de credores que decidiram se manifestar sobre dívidas deixadas em aberto pelo ex-funcionário da Record.

O exemplo mais recente disso envolve uma dívida de R$ 900 mil — a suposta credora do valor já se identificou e foi habilitada no processo judicial. A única filha de PHA, Maria Amorim Queen, também herdeira, cedeu amigavelmente para a última mulher do jornalista todos os bens móveis e imóveis que pertenciam ao pai. O compromisso, inclusive, já foi até registrado em cartório poucos meses depois da morte dele.

A credora se chama Julia Resende Silva de Lima, e está sendo representada pela Rosner e Fadur Sociedade de Advogados. Ela alega ter direito ao montante por conta de uma ação judicial movida contra Amorim, mas Georgia alega que o processo citado ainda não terminou, restando o julgamento de alguns recursos. O escritório de advocacia também acusa a viúva de omitir o verdadeiro patrimônio deixado pelo jornalista, com base nos rendimentos obtidos por uma empresa particular do comunicador em seu último ano de vida.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP