Ator da Argentina afirma que quer pegar coronavírus e não vai vacinar família

O ator argentino Damián de Santo polemizou ao falar sobre a pandemia (foto: Reprodução/América TV)
O ator argentino Damián de Santo polemizou ao falar sobre a pandemia (foto: Reprodução/América TV)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Jair Bolsonaro ficaria orgulhoso de Damián de Santo. O ator argentino deixou os seus conterrâneos boquiabertos ao comparar a população com porquinhos da índia e ao afirmar que não confia em nenhuma vacina para o novo coronavírus. “Eu quero poder sair e me contaminar, e que seja o que Deus quiser. É melhor do que ficar em casa e arruinar a vida da minha família pela minha amargura, minha ausência de projetos e pela minha falta de futuro”, disparou o artista, que atua em novelas do país vizinho desde 1992. Aos 52 anos, ele é casado e tem dois filhos.

A controversa entrevista de Damián foi concedida ao programa Intrusos, da América — o programa é uma espécie de versão luxuosa do A Tarde é Sua, comandado por Sonia Abrão nas tardes da RedeTV!. Sem papas na língua, o ator afirmou que todas as vacinas que estão sendo aplicadas na população da América Latina terão efeitos colaterais futuros, e que ele só vacinará a sua família se for obrigado pelo governo argentino.

“Eu vou evitar ao máximo vacinar os meus filhos, acredito que eles tenham mais futuro do que eu. Se a vacinação for obrigatória, eu me vacino e quero que eles esperem para ver o que acontecerá comigo. Os efeitos adversos da vacina vão aparecer tardiamente, então é provável que coisas comecem a acontecer no segundo semestre para os que se vacinaram no começo do ano ou no final do ano passado. O mundo usa a América Latina como porquinhos da Índia. É estranho que sejamos o lugar do mundo em que testam as primeiras vacinas”, bradou ele.

Apesar de afirmar que não tem novos projetos, Damián de Santo já está confirmado no elenco definitivo de El Primero de Nosotros. A novela, de 60 capítulos, começará a ser gravada em abril e marcará a retomada da dramaturgia nacional aos canais de televisão do país: o último projeto foi Separadas, interrompida em março do ano passado por conta da pandemia e de sua baixa audiência. O folhetim será transmitido pela Telefe, parceira da Globo e líder isolada há vários anos.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP