Karol Conká diz que Michael Jackson teve vitiligo propositalmente

Karol Conká se envolveu em mais uma polêmica no BBB21 (foto: Reprodução/TV Globo)
Karol Conká se envolveu em mais uma polêmica no BBB21 (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

No BBB21, Karol Conká falou sobre o cantor Michael Jackson (1959-2009) em uma conversa no Quarto Colorido. Acompanhada de Camilla, Fiuk, João, Lumena e Sarah, ela disparou que o artista queria ficar branco e insinuou que ele teve vitiligo propositalmente. “Ele queria ficar igual ao Fiuk, bem branquinho, cabelinho assim e ficou feio né, ele era lindo. Ficou com a pele mais branca que a sua”, afirmou ela, se dirigindo ao filho de Fábio Júnior.

Para quem não sabe, Michael Jackson contou em 1993 no programa da apresentadora Oprah Winfrey que sua pele havia despigmentado por um problema de pele. O dermatologista do cantor, na ocasião, confirmou que ele tinha vitiligo — doença que ataca as células que produzem o pigmento que nos dá cor.

Fiuk respondeu que até o compositor internacional passou por racismo estrutural. “Para você ver que o negócio é estrutural, que até o Michael que era a pessoa mais foda do planeta, entrou na nóia”, afirmou ele. “Eu tive que ouvir no colégio assim, eu usava um moletom escrito ‘negro é lindo’ e falavam para mim que se fosse lindo [ser negro], Michael Jackson não tinha ficado branco”, retrucou ela.

“Ele teve aquele negócio lá né, o vitiligo”, disse João, mas Karol Conká tentou minimizar a doença. “Não, não existe esse vitiligo. Nunca mais a gente viu nenhuma outra pessoa ter um vitiligo, uma mancha que pega o corpo inteiro”, afirmou ela. “Ele acelerou o processo”, responderam Camilla e João. “Então está vendo ó, teve vitiligo, é emocional também”, finalizou a cantora.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP