Demi Lovato desabafa e fala sobre overdose que quase a matou

Demi Lovato falará sobre sua guerra contra as drogas em série para o YouTube (foto: Reprodução)
Demi Lovato falará sobre sua guerra contra as drogas em série para o YouTube (foto: Reprodução)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em um trailer divulgado nesta quarta-feira (17), Demi Lovato revelou alguns detalhes sobre sua overdose quase fatal em 2018. Em uma série original para o YouTube, ela disse pela primeira vez que sofreu três derrames e um ataque cardíaco. A cantora falou sobre o assunto no documentário de quatro partes sobre sua vida, intitulado Demi Lovato: Dancing With the Devil, que deve estrear em 23 de março.

“Tive três derrames. Eu tive um ataque cardíaco. Meus médicos disseram que eu tinha mais cinco a dez minutos. Eu cruzei uma linha que nunca havia cruzado”, disse Demi Lovato no teaser. “Estamos falando sobre heroína? Estamos fazendo isso?”, perguntou o ator Matthew Scott Montgomery.

O vídeo mostra depoimentos de Elton John, Christina Aguilera, a irmã e os pais da cantora e revela os bastidores do que realmente aconteceu quando ela teve uma overdose. Pela primeira vez, a palavra heroína é usada oficialmente.

“Tem muita coisa que eu tenho desejado falar, mas eu sabia que tinha que dizer da maneira correta. Obrigada a minha família, amigos e fãs por ficarem do meu lado ao longo dos anos, enquanto eu aprendia e crescia. Estou muito empolgada por finalmente compartilhar essa história que guardei pelos últimos dois anos”, escreveu ela no Instagram.

Em julho de 2018, ela foi encontrada inconsciente em sua casa em Los Angeles após uma overdose, meses após uma recaída. A ex-Disney lutou contra o vício em drogas e álcool nos últimos anos e passou quase duas semanas em um hospital antes de se submeter a tratamento em uma clínica de reabilitação e ficar sóbria por meses.

O TMZ chegou a relatar que a cantora sofreu “o que parecia ser uma overdose de heroína”. Depois, o site afirmou que “uma fonte relacionada à cantora” disse que a causa não foi heroína, mas não especificou qual droga causou a internação.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP