Globo ignorará coronavírus na volta de Salve-se Quem Puder; saiba o que muda na novela das sete

Globo não mencionará pandemia em nova fase de Salve-se Quem Puder (foto: Globo/Victor Pollak)
Globo não mencionará pandemia em nova fase de Salve-se Quem Puder (foto: Globo/Victor Pollak)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Globo definiu que a novela Salve-se Quem Puder retornará ao ar sem mencionar a pandemia do novo coronavírus na segunda parte da trama. A partir de 22 de março, o folhetim escrito por Daniel Ortiz será exibido desde o começo em razão do tempo que a novela ficou fora do ar. A exibição foi interrompida em 28 de março de 2020, quando foi substituída pela reprise de Totalmente Demais.

Por ter ficado muito tempo fora do ar, Salve-se Quem Puder terá os primeiros capítulos reprisados entre os dias 22 de março e 15 de maio para reapresentar os personagens da história ao público. Já a partir do dia 17 de maio, serão exibidos os capítulos inéditos, que seguirão no ar até 16 de julho. Serão 48 episódios de reprise e 53 inéditos.

A Globo promete manter a identidade leve, cômica e de aventura da primeira parte da novela. A primeira semana será marcada por cenas de ação envolvendo Luna (Juliana Paiva) e Dominique (Guilhermina Guinle). Após Dominique descobrir que Luna está viva e a mexicana escapar, ela e as amigas temem mais do que nunca por suas vidas e de seus familiares. As três decidem investigar Dominique por contra própria e invadem o escritório da vilã à procura de provas. Hugo (Leopoldo Pacheco) pressiona Dominique a dar um jeito na investigação conduzida por Ivo (Ricardo Duque). Cleyde/Kyra (Vitória Strada) aceita que está apaixonada por Alan (Thiago Fragoso) e começa a se envolver com o patrão. Já Alexia (Deborah Secco) sente que Renzo (Rafael Cardoso) se arrependeu dos erros cometidos em Cancún e fica balançada. Mario (Murilo Rosa) se muda de Cancún para trabalhar em um hotel em São Paulo, sem saber que sua filha está viva e morando lá também. Além dele, Gabi e Alejandro também trocam o México pelo Brasil.

O folhetim contará com a entrada de novos personagens movimentando os triângulos amorosos. Alejandro (Rodrigo Simas) é filho de brasileiros que morava no México, assim como Luna, mas vem para o Brasil a pedido de Juan (que saiu da novela) para procurar Luna. Ele e Luna deram o primeiro beijo um do outro (para isso, serão usados flashbacks de imagens de Malhação com os atores Juliana Paiva e Rodrigo Simas se beijando) e Alejandro ainda nutre um amor por ela, apesar de ela ter escolhido Juan quando os três estudavam juntos na adolescência. Juan irá disputar Luna com Téo (Felipe Simas).

Outra novidade é Júlia (Sophia Abrahão), advogada prima de Téo e ex-aluna de Alan (Thiago Fragoso) que irá se envolver com Rafael (Bruno Ferrari). Enquanto Kyra (Vitória Strada) está dividida entre a nova paixão por Alan e Rafael, seu noivo antes dela ser dada como morta. A Globo assegura ainda que não haverá qualquer menção à pandemia de covid-19 na segunda parte de Salve-se Quem Puder.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP