RedeTV! tenta endurecer combate ao Covid-19, mas nem RH leva a sério

Amilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho são os sócios da RedeTV! (foto: Divulgação)
Amilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho são os sócios da RedeTV! (foto: Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A RedeTV! virou alvo de uma ação trabalhista movida por um funcionário insatisfeito com as medidas de prevenção ao coronavírus nas instalações da emissora em São Paulo. O colaborador, que terá a sua identidade preservada pela reportagem do TV Pop, fotografou diversos colegas de trabalho circulando pelas dependências da rede sem usar máscaras — e, como se não bastasse, anexou ao processo uma foto de uma aglomeração feita pelo apresentador Ratinho em uma visita aos estúdios do canal, em novembro do ano passado.

Em uma tentativa de provar para a Justiça que não está sendo negligente com a pandemia, os executivos da RedeTV! decidiram tentar mostrar alguma rigidez nos cuidados com a saúde dos funcionários. Desde a retomada das férias coletivas das produções, no início de fevereiro, a emissora tem tentado coibir qualquer tipo de aglomeração dentro de suas dependências. As medidas, porém, tem gerado ainda mais insatisfação dos colaboradores e aumentaram a quantidade de problemas, filas e reclamações recebidas pelo departamento de Recursos Humanos.

Dentre os novos problemas, está a proibição de grupos de quatro ou mais pessoas no refeitório da emissora. Apenas três funcionários podem usar as mesas simultaneamente e, sob hipótese alguma, podem juntar outras mesas ou pegar cadeiras de bancadas que estejam desativadas para manter o distanciamento social. Com isso, boa parte dos funcionários simplesmente tem perdido o seu horário de descanso, já que há fila para entrar no ambiente — e não há a determinação de um tempo máximo de uso, ou seja, quem chega primeiro, pode ficar o quanto quiser.

O canal também vetou a presença de mais de uma pessoa ao mesmo tempo nos camarins, mesmo em casos de celebridades que estejam participando de gravações e tenham ido acompanhadas de seus assessores. Poderia ser uma medida eficiente, mas uma série de colaboradores afirmou ao TV Pop que o número de camarins foi reduzido durante a pandemia, e que não há uma higienização dos ambientes para a entrada de outros convidados. Ou seja: um convidado sai e o outro entra, sem que haja qualquer tipo de limpeza prévia.

A ineficiência do endurecimento ao combate do coronavírus virou motivo de piada até mesmo entre os funcionários do RH. Nesta quarta (3), dia marcado pelo número recorde de mortes no país durante a pandemia, colaboradoras do setor decidiram fazer piada com as novas regras da emissora. Em uma publicação feita no Stories do Instagram, uma das profissionais do departamento posou ao lado de outras quatro colegas. A legenda? “Não aglomeram”, acompanhado de uma risada — e na foto, nenhuma delas aparece usando máscaras.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP