Band faz campanha para divulgar tratamento falso para Covid-19

Band usou intervalo comercial para divulgar tratamento falso para Covid-19 (foto: Reprodução/Band)
Band usou intervalo comercial para divulgar tratamento falso para Covid-19 (foto: Reprodução/Band)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Quem assistia ao Show do Esporte neste domingo (7) foi surpreendido com uma nova campanha publicitária da Band sobre o diagnóstico precoce do novo coronavírus. O institucional da emissora diz que o Covid-19 “pode não mostrar sinais de infecção por muitos dias” e mostra ao telespectador uma teoria de como saber se ele está ou não com os sintomas da doença. “Respire fundo pela manhã, prenda a respiração por 10 segundos e se conseguir sem tossir, sem desconforto ou aperto, ótimo! Significa que você não está infectado”, afirma a locutora da propaganda.

Além da suposta teoria para diagnosticar a doença, a Band também usou o comercial para divulgar um suposto método para eliminar o coronavírus do corpo do público. “Uma dica: tome água a cada 15 minutos, porque mesmo que o vírus entre, a água o levará até sua barriga, onde os ácidos naturais do estômago o eliminarão”, anuncia a empolgada voz-padrão da rede. O institucional se encerra com o logo do canal, mostrando que se trata de uma campanha promovida pela própria empresa.

Seria uma atitude louvável, mas nenhuma das teorias divulgadas pelo comercial é verídica. A recomendação de beber água a cada 15 minutos foi desmentida há 11 meses, quando a pandemia ainda engatinhava no Brasil. “Os vírus respiratórios não ficam exclusivamente na garganta ou no estômago. Uma infecção como essa produz bilhões de vírus; uma pequena parte será engolida pelo doente e passará pelo estômago, e o restante da infecção continuará seu curso. Beber água vai manter o paciente hidratado, mas não mudará a infecção”, afirmou o infectologista Luis Fernando Waib, em entrevista ao G1.

O milagroso teste que consiste em prender a respiração também não serve como diagnóstico da Covid-19. “Esse é um teste de ‘fôlego’, não serve como diagnóstico de Covid. Qualquer pessoa com uma doença respiratória tem dificuldade para prender a respiração. Asmáticos, pacientes com DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), que tenham pouco preparo físico ou sejam mais idosos podem não conseguir fazer esse teste. Além disso, é preciso considerar os sintomas clínicos para o diagnóstico de Covid. Totalmente fake. É uma loucura esse tipo de coisa”, constatou a pneumologista Patrícia Canto Ribeiro, da Escola Nacional de Saúde.

A campanha da Band com informações falsas sobre o tratamento do coronavírus viralizou rapidamente nas redes sociais. No Twitter, diversos internautas criticaram a emissora e cobraram providências de Fernando Mitre e Rodolfo Schneider, responsáveis pelo departamento de Jornalismo da rede. Pouco depois, o comercial foi ocultado da página oficial da empresa no YouTube, que passou a disponibilizar a sua visualização apenas para usuários convidados. A reportagem do TV Pop, porém, reproduz a seguir o institucional controverso:

Veja a repercussão do comercial da Band nas redes sociais:

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP