Comentarista da RedeTV! defende intervenção militar no Brasil

Rodrigo Constantino no Opinião no Ar de 9 de março: usou redes sociais para defender intervenção militar (foto: Reprodução/RedeTV!)
Rodrigo Constantino no Opinião no Ar de 9 de março: usou redes sociais para defender intervenção militar (foto: Reprodução/RedeTV!)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Rodrigo Constantino, comentarista político da RedeTV! e da Jovem Pan, usou as suas redes sociais para sair em defesa de uma nova intervenção militar no Brasil. O jornalista — que sequer vive no país — foi ao Twitter na tarde desta terça-feira (9) para sugerir a aplicação do artigo 142 da Constituição Federal após a devolução dos direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deverá disputar a próxima eleição presidencial contra Jair Bolsonaro.

“Contra o 171, será que só nos resta o 142?”, questionou o jornalista. O artigo citado por Rodrigo Constantino fala sobre a possibilidade de intervenção das Forças Armadas no país, de forma que elas possam garantir funcionamento dos poderes constitucionais, e, consequentemente, a manutenção da lei e da ordem. Essa ação, porém, só poderia ser feita com anuência prévia do Congresso Nacional, e não depende apenas de uma decisão presidencial.

Diante da repercussão negativa, o funcionário da RedeTV! rapidamente apagou a sua publicação na rede social. Ela, porém, foi salva por diversos internautas que se chocaram com a declaração dada pelo comentarista do Opinião no Ar — dentre os usuários do Twitter que salvaram a mensagem, está o advogado Thiago Amparo, colunista da Folha de São Paulo. Confira:

Essa não é a primeira vez em que Rodrigo Constantino vira assunto por conta de comentários controversos. No final do ano passado, ele foi demitido da Record e da Jovem Pan após relativizar abusos sexuais em uma live feita por ele em uma rede social. Na época, o jornalista afirmou que não procuraria as autoridades se a sua filha fosse estuprada após beber e ir para uma festa com vários homens — ele disse que deixaria a sua filha de castigo, mas que não iria até a polícia para denunciar o crime.

Ao anunciar a sua demissão, a Record afirmou que “não aceitava nenhum tipo de agressão, violência e abuso” e a Jovem Pan disse que “desaprovava todo o conteúdo publicado” pelo jornalista sobre o assunto. Constantino acabou sendo contratado pela RedeTV! poucos dias depois e, em janeiro, também foi readmitido pela rádio que o demitiu.


O TV Pop te conta tudo que foi notícia no universo dos famosos e da televisão diariamente, no nosso site e em todas as plataformas digitais! Confira em nosso canal no YouTube um resumo dos principais fatos do dia:

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP