Âncora da GloboNews debocha de pronúncia de Lula em discurso

Cecília Flesch se envolveu em polêmica por conta do ex-presidente Lula (foto: Reprodução/GloboNews)
Cecília Flesch se envolveu em polêmica por conta do ex-presidente Lula (foto: Reprodução/GloboNews)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Cecília Flesch, âncora da GloboNews nos domingos a noite, usou uma rede social na manhã desta quarta (10) para fazer uma publicação debochando da pronúncia de Luiz Inácio Lula da Silva no seu primeiro discurso público desde a devolução de seus direitos políticos. A jornalista fez pouco caso da forma de como o ex-presidente fala a palavra “advogados” e, criticada pelos internautas, acabou deletando a sua publicação pouco tempo depois. “Deletei um tweet meu porque voltamos ao extremismo. Não tô disposta pra isso”, afirmou a apresentadora.

Apesar de ter apagado a publicação, Cecília Flesch continuou sendo alvo da fúria da internet. A influenciadora Andreza Delgado acusou a apresentadora de preconceito linguístico. “Não é isso. Capacidade de diálogo com as massas merece destaque. Mas melhor é dizer que é preconceito e ódio”, rebateu a âncora, que logo foi abordada pelo também jornalista Marcelo Macedo, do The Intercept.

“Cecília, você não considera ter cometido preconceito linguístico? Custa pensar sobre isso se há tanta gente apontando?”, questionou ele. “Não, não considero. O que fiz foi destacar o tanto que Lula se aproxima do povo ao falar assim. Ele usa a arte da retórica, sabe como empregar palavras e linguagem”, respondeu Cecília. O repórter do veículo concorrente da Globo retrucou: “o tweet solto assim passa uma outra mensagem, e você como comunicadora sabe disso. Uma mensagem daquela forma pode gerar ruído. Meu ponto é esse”, afirmou.

“Gerou ruído. Evidentemente. E a culpa é minha. Se tivesse colocado como tuíte atrelado ao anterior, não tivesse tanto problema. Mas tava ouvindo e tuitando direto”, disparou Cecília Flesch, que não se esquivou de responder um internauta que perguntou se o Brasil havia saído do extremismo. “Não saímos, mas temos de volta a outra ponta, com força. Temos, de novo, mais uma turma pra bater na gente agora”, concluiu a âncora da GloboNews.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP