Idoso critica Bolsonaro e é cortado por repórter da Globo

Idoso que criticava Bolsonaro é impedido de falar na Globo (foto: Reprodução)
Idoso que criticava Bolsonaro é impedido de falar na Globo (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Um idoso que estava na fila de vacinação contra a covid-19 na cidade de São Caetano do Sul, em São Paulo, definiu as ações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de boicote enquanto era entrevistado ao vivo no Bom dia SP desta quarta-feira (24) na Globo.

José Celestino estava na fila de carros para receber o imunizante e contou que, apesar de tudo, estava feliz com o adiantamento da campanha no município. Na cidade. idosos a partir de 69 anos podem se vacinar.

“Felicidade, né. Depois que o Bolsonaro boicotou tanto”, disse o idoso, que logo foi interrompido pelo repórter Bernardo Bortolotto, que tentou mudar de assunto. Seu Celestino foi interrompido antes de concluir mais uma frase ao repórter.

“Feliz então, seu José?”, perguntou o jornalista. Quando o idoso ia concluir, Bernardo interveio mais uma vez: “Seu José está bastante feliz que chegou a hora dele de vacinar”. No estúdio, Rodrigo Bocardi, âncora do telejornal, chamou a atenção do repórter e disse que o microfone do Bom dia SP e da Globo estavam abertos para todas as pessoas expressarem sua opinião.

“Se o seu José, se depois tiver a oportunidade de falar com ele, queria ouvir mais o que tinha a dizer. Nosso microfone, seja para falar do presidente, do governador, eles estão abertos para as pessoas. Ele ia dizendo do presidente Jair Bolsonaro no indicativo de, já num confronto com o que foi dito ontem no pronunciamento em rádio e TV e com o que foi dito muito antes pelo presidente”, disse Bocardi.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP