Thelma Assis desabafa sobre episódios racistas envolvendo seu cabelo

Thelma Assis comentou sobre o episódio racista no BBB 21 e revelou que já sofreu por causa de seu cabelo (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Thelma Assis comentou sobre o episódio racista no BBB 21 e revelou que já sofreu por causa de seu cabelo (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Após a situação vivida por João Luiz no BBB 21, Thelma Assis, campeã do BBB 20, revelou como teve sua autoestima prejudicada pela sociedade que sempre teve discursos racistas sobre os cabelos de pessoas negras. “Passei muitos anos da minha vida ouvindo que meu cabelo era ruim, feio e que precisava ter menos volume; ouvia comparações em tom de piada”, contou ela à Vogue.

“Escondia minha própria identidade através de químicas que, além de machucarem fisicamente o meu couro cabeludo, me machucavam emocionalmente, porque tentava me encaixar em padrões que não refletiam a minha história”, afirmou a médica.

A polêmica a respeito do cabelo negro ganhou repercussão nacional na noite de ontem quando João afirmou ao vivo que havia se magoado com uma fala do cantor sertanejo Rodolffo a respeito de seu cabelo. O cantor comparou os fios do professor a uma peruca de fantasia de homem das cavernas.

“Triste saber que em 2021 ainda há pessoas que reproduzem falas racistas em rede nacional, sem nem perceberem o erro que cometeram de tão normal que isso é na rotina delas”, lamentou Thelma Assis.

Ainda em entrevista para a Vogue, a ex-BBB falou sobre as pessoas que tentam justificar falas racistas. “Ao ser advertida [a pessoa], não admite o erro e ainda tenta justificar com vivência, criação ou, pior ainda, dizendo que alguém próximo também é negro, minimizando ainda mais a dor do outro. Mais triste ainda é saber que existem muitas pessoas que se identificam, pois fazem igual ou até pior e ainda tentam arrumar argumentos pra justificar isso”, lamentou a médica.

“Eu sempre digo que a luta anti-racista é muito mais que uma hashtag na internet quando alguém morre. Enquanto as nossas dores continuarem sendo invalidadas, estaremos no caminho contrário”, concluiu ela.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP