Atriz da Globo critica fãs de BBB: “As torcidas são muito extremistas”

Atriz da Globo, Marcela Fetter desabafou sobre extremismo dos fãs do BBB 21 (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Atriz da Globo, Marcela Fetter desabafou sobre extremismo dos fãs do BBB 21 (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Marcela Fetter, uma das atrizes da Globo, criticou os extremismos dos telespectadores com os participantes de reality show, especificamente do BBB, e se revelou ter medo de se pronunciar sobre o programa, devido as torcidas. “Eu tô aqui me coçando, me segurando e segurando a língua dentro da boca para não falar porque hoje em dia é difícil, né? A gente tem medo de expressar o que a gente pensa aqui nas redes sociais”, começou ela.

“Eu assisto Big Brother, amo e admito que assisto todos os dias. Eu não falo aqui porque eu sei que você tem que estar de um lado ou de outro, se não você é cancelado. Eu prefiro assistir na minha casa, passar raiva lá e comemorar lá do que vir pra cá [rede social], as torcidas são muito extremistas”, afirmou a atriz.

Marcela Fetter opinou sobre os seguidores dos participantes que fazem vaquinha e se juntam para dar presentes caros. “Uma coisa que fico chocada é essa coisa de idolatrar quem tá lá dentro. Claro que eu tenho meus preferidos e a minha torcida, mas essa coisa de endeusar… Só cria discórdia aqui fora! Hoje eu vi que estão fazendo vaquinha para o Arthur”, contou.

“Eu não sei se as pessoas tem noção, mas estamos falando da maior vitrine de visibilidade que a gente tem na televisão brasileira hoje. Vocês acham mesmo que eles vão sair de lá e não vão ter trabalho? Que eles não vão fazer campanha e não vão ganhar dinheiro? Os fãs se juntam e fazem vaquinha, linda a atitude, né? Dão Iphone para as pessoas”, explicou a influenciadora.

“Vocês já pensaram se juntar todo esse dinheiro e doar para quem realmente precisa? Dar pra quem está na miséria, para moradores de rua, pra quem não tem como botar um prato de comida para os filhos. Às vezes a gente acha que tá ajudando, mas é meio desnecessário. Um iPhone hoje em dia é muito caro e sair dando para quem pode comprar um, sabe? Vamos ajudar quem realmente está precisando! Tem um monte de ONG por aí. Tem muita gente pobre no país para a gente ajudar”, concluiu a atriz da Globo.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP