Record ignora protocolos e elenco de Gênesis sofre surto de Covid-19

Elenco da novela Gênesis sofre surto de Covid-19 nos bastidores (foto: Divulgação/Record)
Elenco da novela Gênesis sofre surto de Covid-19 nos bastidores (foto: Divulgação/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Record decidiu ignorar os protocolos e retomar as gravações da novela Gênesis, após uma semana de paralisação, para a próxima segunda-feira (12) mesmo com o agravamento da pandemia de Covid-19. As informações são do jornalista Sandro Nascimento, do site NaTelinha, parceiro do UOL.

A emissora distribuiu um comunicado interno ao elenco que informa que enquanto o Rio de Janeiro estiver em fase vermelha, as gravações estariam suspensas. Atualmente, o estado inteiro está na fase roxa, nível acima do vermelho. O elenco do folhetim bíblico está revoltado com a decisão. Além disso, nos bastidores ainda há um surto de Covid-19. De acordo com o NaTelinha, oito atores foram diagnosticados com a doença nos últimos dias.

Para retomar as gravações, a Record testou o elenco de Gênesis. No entanto, a equipe de produção da trama bíblica não passou por exames. Os atores que testaram positivo foram afastados do trabalho e as filmagens das cenas reagendadas. Um ator da novela testou positivo dois dias depois de gravar cenas de beijos e contracenar com colegas que fazem parte do grupo de risco da Covid-19 e ainda não foram vacinados.

Os atores ouvidos pelo site NaTelinha, que pediram anonimato, estão revoltados pela forma que a Record e a Casablanca, produtora responsável pela dramaturgia, tratam os trabalhos durante a maior crise sanitária da história recente do Brasil. Eles frisam que a segurança e saúde dos trabalhadores deveriam ser a prioridade neste momento. O elenco já recebeu o cronograma e roteiros de gravações para a próxima semana.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro, a situação da pandemia se encontra em risco muito alto (roxo). Na sexta-feira (9), as regiões do Médio Paraíba, Centro-Sul, Norte e Baixada Litorânea saíram da bandeira roxa para a vermelha, o que aponta para uma melhora nos parâmetros epidemiológicos. As regiões da Baía da Ilha Grande, Noroeste e Metropolitana II seguem com bandeira vermelha (risco alto). Já as regiões Serrana e Metropolitana I estão classificadas com bandeira roxa (risco muito alto).

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP