Nem os donos assistiram: RedeTV! zera na audiência com luta livre

Estreia do One Championship abriu uma cratera no horário nobre da RedeTV! (foto: Reprodução/RedeTV!)
Estreia do One Championship abriu uma cratera no horário nobre da RedeTV! (foto: Reprodução/RedeTV!)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A RedeTV! conseguiu um feito raro nesta sexta-feira (16). Em mais um capítulo de sua nova grade de programação, a emissora decidiu apostar em um torneio asiático de luta livre depois do programa de Amaury Jr., que evidentemente tem público majoritariamente feminino. O resultado? A estreia do RedeTV! Extreme Fighting sequer pontuou na audiência da Grande São Paulo. Entre 23h30 e 0h20, horário em que as disputas do One Championship estiveram no ar, a rede de Amilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho marcou 0,0 de média — o tão temido traço literal.

O programa conduzido por Jaqueline Batista e Marcelo do Ó herdou 0,3 ponto de Amaury Jr. e imediatamente caiu para 0,2. Dois minutos depois de entrar no ar, a nova atração já marcava apenas um décimo de audiência. Às 23h48, o placar passou a indicar um retumbante traço para o torneio de luta livre, índice mantido até a meia-noite e cinco, quando a emissora voltou a registrar 0,1. A alegria, porém, durou pouco: o canal voltou pro 0,0 dois minutos depois, à 0h07, e assim permaneceu até os dois últimos minutos do programa, que registraram 0,1 ponto.

A emissora ficou no traço literal durante 29 dos 50 minutos da estreia do RedeTV! Extreme Fighting. A rede não teve índices tão baixos nem mesmo com a sua proliferação de horários vendidos ao decorrer do dia. Os dados prévios apontam que os horários matinais destinados para a Igreja da Graça e para a Polishop marcaram 0,1 ponto. De tarde, os dois espaços da Igreja Universal tiveram 0,2 de média. O Show da Fé, às 20h30, também alcançou 0,2. Por fim, os telecultos da Igreja Internacional marcaram 0,1 ponto durante a madrugada.

No horário em que o torneio de luta livre foi transmitido, oito emissoras de televisão aberta conseguiram pontuar. A RedeTV! empatou na lanterninha com um trio de canais religiosos (RIT, Aparecida e Rede Vida) e com a CNT, que tem mais de 22 horas diárias arrendadas para a Igreja Universal do Reino de Deus. Em alguns momentos, alguns desses canais pontuaram e ultrapassaram a “rede de TV que mais cresce no Brasil”, que ficou na 12ª colocação.

O famigerado traço literal, o 0,0 ponto, não quer necessariamente dizer que ninguém estava assistindo ao canal. Mas é quase isso: o índice simboliza que menos de 20 mil e 537 pessoas estavam sintonizadas na emissora no momento da aferição dos dados. Na medição consolidada, há também a divulgação dos centésimos, que muito provavelmente devem mostrar que alguma alma bondosa estava acompanhando os asiáticos se engalfinhando.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP