Sikêra Jr. toma primeira dose da Coronavac e diz não obedecer Bolsonaro

Sikêra Jr. tomou primeira dose da Coronavac e rebateu críticas nas redes sociais (foto: Reprodução)
Sikêra Jr. tomou primeira dose da Coronavac e rebateu críticas nas redes sociais (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Chegou a vez de Sikêra Jr. na fila da imunização. Aos 54 anos e com comorbidades, o jornalista foi até um drive-thru em Manaus na tarde deste sábado (17) para receber a primeira dose da Coronavac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. O titular do Alerta Nacional se emocionou e agradeceu aos profissionais da saúde após receber o imunizante, que foi duramente criticado por ele em uma edição do programa da RedeTV! transmitida em novembro do ano passado. Na época, ele dizia que não iria se vacinar.

“Meu corpo, minhas regras. Vocês já devem ter ouvido isso. Porque vão obrigar a gente a tomar vacina, não é? Eu não quero tomar essa vacina. Mas é sério que eu vou ser obrigado? Vou ter que fugir pra um matagal na Amazônia? Pra me esconder? Eu não quero! Eu tenho direito a não querer ser vacinado. É um direito, o corpo não é meu? Eu não quero tomar essa vacina, não sei de onde veio, quem fez? Aliás, a gente sabe de onde veio. Vem da China, todo mundo sabe disso. Quem quiser tomar, pode tomar na jaca, porque eu não vou tomar não”, afirma o jornalista, em um vídeo reproduzido na íntegra em seu perfil em uma rede social — e ainda disponível até a publicação deste texto.

O veterano, porém, aparenta ter mudado de ideia. Neste sábado, ele fez questão de dizer aos fãs que a vacinação era um dia histórico para a vida dele. “Tô indo vacinar. Dia histórico pra mim, peço a Deus que tudo corra bem e que a cura venha, minha gente. Que a imunidade venha. Depois eu conto pra vocês como que é, só não vou mostrar a picada porque eu tenho pânico de agulha. Chegou a hora. É agora. É a hora da verdade. Pelo amor de Deus, me mostre essa agulha logo, em nome de Jesus”, afirmou ele.

Após receber a primeira dose da Coronavac, uma enfermeira perguntou ao apresentador qual era a sensação de estar mais próximo da imunização. “Vitória! São esses profissionais que se arriscam por nós. Que Deus os abençoe, que proteja cada um de vocês”, agradeceu, emocionado.

A filha do âncora da RedeTV!, Larissa Siqueira, compartilhou o cartão de vacinação do pai e fez vídeos chorando e falando sobre a gravidade da infecção respiratória que acometeu o patriarca da família em abril de 2020. “Eu não acredito no que tá acontecendo, sério. Só quem viveu na pele sabe como é sério. É uma vitória real, sério. Eu nem acredito”, contou.

De volta para sua casa, Sikêra Jr. publicou uma série de vídeos mandando um recado para os “esquerdistas” e disse aconselhar todos os brasileiros a se vacinarem assim que possível. Além disso, o apresentador ressaltou que Jair Bolsonaro não manda nele.

“Já em casa, vacinado, graças a Deus. E um recado pros esquerdistas, que tão tudo doidos: vocês tem que procurar um psiquiatra. Vocês não são normais. Não era melhor ter tomado cloroquina? Eu tomei cloroquina e azitromicina, tive a doença e vou tomar a vacina. Vou tomar a segunda dose. E aconselho todo mundo a tomar. E o presidente vai gostar? O presidente pode mandar na mulher dele, quem manda em mim sou eu”, concluiu o apresentador.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP