Pai de Rodolffo torce pela eliminação de João: “Vem ser falso aqui fora”

Juarez Dias, pai de Rodolffo Mathaus, chamou João Luiz de falso (foto: Reprodução)
Juarez Dias, pai de Rodolffo Mathaus, chamou João Luiz de falso (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Juarez Dias, pai de Rodolffo Matthaus, ex-participante do BBB 21, declarou sua torcida contra João Luiz, que enfrenta um paredão ao lado de Arthur e Pocah. “A minha final é essa, a eliminação do João. Vem ser falso aqui fora, João… aproveita para reciclar como professor e como ser humano”, afirmou.

“Como militante eu nem falo, deixo esse julgamento aos que viram o seu comportamento. Fora João”, escreveu Juarez. Em uma sequência de vídeos publicado em suas redes sociais, o empresário reforçou sua torcida pela eliminação do professor de Geografia. “Vem fazer drama aqui fora”, gritou ele.

Nos comentários da publicação, internautas e famosos como os cantores Thales Lessa e Fernando, da dupla com Sorocaba, apoiaram a saída do mineiro. “Tchau oportunista professor”, escreveu Fernando, que apagou seu comentário em seguida.

O pai do sertanejo se referiu ao episódio em que João desabafou no jogo da discórdia sobre uma fala racista do cantor, que comparou seu cabelo com a peruca de uma fantasia do castigo do monstro de homem das cavernas.

“Muita gente aqui pode não saber, mas no sábado aconteceu uma situação no quarto cordel que estava eu, Caio, Rodolffo e Juliette, e eu tô dizendo isso aqui agora porque pra mim, é um momento de muita coragem, de poder estar falando isso aqui agora. Ele chegou a fazer uma piada comparando a peruca do monstro da pré-história com o meu cabelo. Então, isso pra mim, tocou num ponto muito específico. O jogo pode ser sim coisas que a gente vive aqui dentro, mas tem que ser um jogo de respeito”, desabafou João Luiz.

O sertanejo se mostrou surpreso. “Se todo mundo observou como era a peruca do monstro… acredito eu que era um pouco semelhante”, afirmou o ex-marido de Rafa Kalimann.

Rodolffo será investigado pela DECRADI (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) da Polícia Civil do Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa da instituição policial confirmou que foi um inquérito foi aberto contra o cantor: “Foi instaurado procedimento para apurar o crime de preconceito racial. Imagens estão sendo analisadas e as investigações seguem em andamento”.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP