Ex-namorada de Nego do Borel afirma que o cantor “é desequilibrado”

Swellen Sauer namorou Nego do Borel durante o início da carreira do cantor (foto: Reprodução)
Swellen Sauer namorou Nego do Borel durante o início da carreira do cantor (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Em uma entrevista exclusiva para o Domingo Espetacular, Swellen Sauer desabafou sobre o seu antigo relacionamento com Nego do Borel. A assessora de imprensa disse ao programa da Record que o funkeiro não é uma pessoa ruim, mas desequilibrado, e revelou que ele protagonizou episódios de agressividade enquanto estiveram juntos. De acordo com a jornalista, ela não se sentia tranquila em denunciar o caso por ter se tornado dependente do artista emocional e financeiramente.

“Eu me calei muito na época, eu fiquei mal, eu fiquei doída e doente. Eu era muito dependente dele emocional e financeiramente. Me sinto na obrigação social de colaborar com essa situação, eu espero que ele pague pelo que ele fez comigo, com a Duda Reis ou qualquer outra pessoa que ele tenha se relacionado. Ele não é um homem do mal, ele é desequilibrado”, afirmou ela.

Na sequência, ela narrou alguns dos episódios que viveu enquanto se relacionava com Nego do Borel. “Começou com brincadeiras de mau gosto, falando da minha idade. No início não tinha problema eu ser mais velha, depois ele começou a me chamar de velha. Logo depois, ele começou a falar do meu corpo. Teve uma vez que ele veio falar comigo de forma muito agressiva e me deu um soco na costela. Na época, eu não tive reação, fiquei mal e com muita vergonha. Ele é uma pessoa visivelmente desequilibrada, ele não gosta de ser contrariado”, lamentou.

Não é a primeira vez em que Swellen Sauer torna pública a agressividade do cantor. Em uma entrevista publicada em fevereiro, a jornalista revelou que o funkeiro não era agressivo apenas com suas namoradas, e que tinha o mesmo tipo de conduta até com a sua própria mãe. “Quando eu comecei a perceber um comportamento agressivo, não era nem comigo, a princípio. Era com a mãe dentro de casa, a forma como se comportava. Era agressivo no tom de voz, por ser contrariado e bater e jogar as coisas longe e quebrar, agressivo de dar cabeçada em uma porta, era esse nível de agressividade”, pontuou.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP