Sucessão de William Bonner no Jornal Nacional vira barraco nos bastidores da Globo

Disputa pela cadeira de William Bonner no Jornal Nacional já causa barraco nos bastidores da Globo (foto: Divulgação/TV Globo)
Disputa pela cadeira de William Bonner no Jornal Nacional já causa barraco nos bastidores da Globo (foto: Divulgação/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A disputa pela sucessão de William Bonner na bancada do Jornal Nacional tem ficado cada vez mais animada. Apesar do atual âncora e editor-chefe sequer ter uma data certa para deixar o posto, há nos corredores da Globo o entendimento de que o seu ciclo no noticiário mais visto do país está perto do fim. Nos bastidores da emissora, já existe uma guerra fria entre jornalistas interessados na vaga — e essa guerra fria começou a evoluir para uma confusão pública nas últimas semanas.

A reportagem do TV Pop apurou que dois âncoras de telejornais locais não fazem mais a mínima questão de esconder dos colegas que querem ocupar a cadeira de William Bonner. Além de não se darem mais ao trabalho de disfarçar o interesse, a dupla já tem trocado acusações mutuamente.

O motivo? Ambos defendem a teoria de que o coleguinha do outro noticiário local está plantando notícias de que outra TV estaria interessada nele, sem que a direção da Globo tenha sido comunicada do flerte com a rival, protagonizando assim uma tentativa de “passar um recado” aos executivos usando veículos de imprensa, sem parecer que está tentando leiloar o seu passe.

Os profissionais que trabalham com os dois âncoras não aguentam mais o clima bélico instalado nas produções: não é raro que reuniões de pauta sejam utilizadas para alfinetar o rival — e tem se tornado cada vez mais frequente que a dupla se ofereça voluntariamente para atuar em plantões nos finais de semana só para ter mais espaço em rede nacional.

Nos corredores da Globo, os dois aspirantes ao posto de sucessor de William Bonner sequer se cumprimentam. Quando muito, falam o essencial e interagem por redes sociais, para evitar que o público suspeite do clima nada agradável entre os colegas de trabalho.

A dupla, de fato, tem os seus nomes entre os mais cotados para assumir o Jornal Nacional quando o ex-marido de Fátima Bernardes realmente deixar o posto. Mas o TV Pop apurou que uma terceira via ganhou força em alguns setores da emissora: a aposta em um nome novo, que sequer faz parte do time de plantonistas do noticiário — foi o caso de Roberto Kovalick, sucessor de Monalisa Perrone no Hora 1.

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP