Felipe Prior fala sobre veto de No Limite: “Prefiro provar minha inocência”

Sem citar a Globo, Felipe Prior rebateu a notícia de que a emissora teria lhe vetado de No Limite (foto: Reprodução/TV Globo)
Sem citar a Globo, Felipe Prior rebateu a notícia de que a emissora teria lhe vetado de No Limite (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Felipe Prior quebrou o silêncio e decidiu falar pela primeira vez sobre a Globo ter vetado a sua participação em No Limite. Apesar dos apelos dos fãs do arquiteto, executivos da emissora acreditam que não pegaria bem dar espaço para um réu em um grave processo judicial e defendem que o ex-BBB só volte a ter holofotes na rede após ter resolvido suas pendências jurídicas. Sem citar diretamente o novo reality, ele afirmou que só voltaria a entrar em um confinamento após ser inocentado.

“Eu quero muito participar de outro reality show, mas não vou fazer isso enquanto não sair a minha inocência no processo. Eu não estaria sendo correto com os meus familiares. Não entraria para continuar sendo julgado por algo que não fiz. Prefiro provar a minha inocência e, aí sim, jogar. Eu entraria para ganhar, muito mais bem preparado, porque na minha edição demorei um tempo para me adaptar”, afirmou ele.

Ainda na entrevista para o portal O Fuxico, Felipe Prior afirmou que considera Juliette Freire como favorita na corrida pelo prêmio de R$ 1,5 milhão da atual temporada do BBB. “Desde o início do jogo, a vitória está muito cravada para a Juliette e será difícil que algum jogador consiga tirar isso dela. Não tenho uma torcida declarada por ninguém, mas acho que a Camilla pode ser sim uma grata surpresa”, afirmou ele.

“E tenho me surpreendido também com a Camilla de Lucas. Acho que ela é um nome que a gente pode guardar, porque ainda deve surpreender muito”, completou. Sobre Sarah que foi a eliminada desta semana e disse achar que a consultora de marketing foi uma excelente jogadora. “Eu não acho que ela está sendo só coração, acho que ela está sendo também uma boa jogadora e está se mantendo fiel a esse jogo”, explicou.

Prior também opinou sobre o paredão Juliette, Rodolffo e Sarah. “[Esse paredão] era um embate que o público estava querendo muito, até pelos últimos acontecimentos. Não sei se era o momento, mas com esse paredão vai movimentar muito o jogo, independente do resultado”, constatou o arquiteto.

“Acho que a própria produção vem pensando em dinâmicas para dar essa chacoalhada nos participantes e movimentar mais o tabuleiro, porque o paredão falso não deu essa dinâmica que a gente de certa forma esperava. O jogo está ficando com um clima mais leve, menos tóxico e bem mais próximo do entretenimento que a gente espera e precisa para esse momento ainda difícil de pandemia que estamos vivendo. Os jogadores finalmente estão conseguindo ter a rivalidade do jogo e manter o respeito uns aos outros. Por muitos momentos isso chegou a parecer não ser possível para essa edição”, concluiu o ex-BBB.

 

Leia mais

© 2021 – 3 2 ZOOM Produtora – Todos os direitos reservados a TV POP